Não se deixe enganar, os cadernos da norma brasileira de fabricação de contentores plásticos, estabelecem resumidamente o seguinte:

NBR 15.911 – 1

Descrição: especifica os requisitos gerais, de segurança, de saúde e de ergonomia para contentores móveis de plástico, para acondicionamento de resíduos de acordo com a ABNT 51:003.04-002/2 e ABNT 51:003.04-002/3. Não se aplica a contentor de lixo perigoso. Exige que os produtos sejam fabricados com resina virgem com o mínimo de UV na classe 8;

NBR 15.911 – 2

Descrição: especifica as dimensões, volumes e capacidades de carga para o contentor móvel de plástico de duas rodas com capacidade de 120 litros, 240 litros e 360 litros destinado ao acondicionamento de resíduos sólidos urbanos (RSU) e de saúde (RSS). Aplica-se aos coletores – compactadores dotados de dispositivo de báscula.

NBR 15.911 – 3 

Descrição: especifica as dimensões, volumes e capacidades de carga para o contentor móvel de plástico de quatro rodas com capacidade de 660 l, 770 l e 1.000 l destinado ao acondicionamento de resíduos sólidos urbanos (RSU) e de saúde (RSS). Aplica-se aos coletores – compactadores dotados de dispositivo de báscula.

NBR 15.911 – 4

Descrição: especifica os métodos de ensaio para os contentores plásticos construídos de acordo com as ABNT NBR 51:003.04-002/2 e ABNT NBR 51:003.04-002/3. Exige que o produto suporte os testes de resistência, qualidade e segurança elaborados de acordo com a norma